Consultoria em Feng Shui

Primeiramente vamos para a definição do dicionário:
Feng Shui: substantivo masculino
Ciência e arte chinesas, de origem filosófica taoista, que têm por objetivo organizar os espaços com o fim de atrair influências benéficas da Natureza.
Genericamente eu gosto de usar a seguinte e prática definição: Técnica milenar para a harmonização de ambientes.
Entenda harmonizar como, estar ou ficar em harmonia, em concordância, em acordo, em paz. Sinônimos para harmonia: pacificar, adequar, adaptar, ajustar, apropriar, reconciliar.
O Feng Shui tem os mesmos princípios que regem as ciências naturais e tem como base o conceito do Tao, Yin e Yang, energia Ch’i e os cinco elementos associados ao estudo das cores, relevo, clima e formas. Trata se de uma mudança de energia, que consegue desestagnar e dar novos ares em aspectos diferentes da vida.
Para entender onde a mudança deve ser feita, usamos instrumentos de radiestesia, para fazer a mudança propriamente dita usamos o Baguá ( Octógono baguá, constituído pelos oito trigramas básicas que representam as áreas da vida humana e relacionam-se com os cinco elementos ).
O importante é ter a ajuda de um profissional competente para fazer essa mudança, pois são muitos detalhes que não podem passar despercebidos.
Depois de aplicado o Baguá, é só fazer ativação de cada área, com os elementos específicos, que vão variar entre cores, elementos, formas e símbolos. Tudo é escolhido de acordo com a decoração da casa, existe também a possibilidade de usar os elementos de modo que quem não conhece a técnica, nem vai saber que houve a aplicação.